quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Etimologices n.º 3

Na Antiguidade pensava-se que a icterícia, uma doença que deixa as crianças amareladas, vinha da bílis, secreção produzida pelo fígado, órgão que era chamada de "humor amargo". No latim, amargo era amargus, que no diminutivo virava amarellus, que acabou virando amarelo.

E viva o amarelo...

2 comentários:

Malicia de toda a mulher disse...

Curiosa essa origem da palavra, pois amarelo é cor da energia, do estímulo, do otimismo.

Viva o amarelo!

Tanto disse...

Pois é! Por isso eu gosto de saber de onde elas vêm. Amarelo, amargus!
E quando vai ter atualização no blog?