sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Maria e o pássaro

Hoje (03/12/09) minha Maria encontrou um filhote de sabiá e me pediu para criá-lo. Deixei! Ela disse que se não for ela vai ser a pança de algum bicho. Foram 15m no telefone, a história do achamento do pássaro, dos cuidados e dos planos. Pedi pra ela escrever o que achava ter acontecido. Ela me prometeu um livro ilustrado, o pássaro que vê a mãe voar e tenta seguir. Depois, a queda. A Maria do Tanto é mocinha, cheia de argumentos! É sim, argumentos e vontades. Ela me liga e pede sushi, diz que está com saudades e quer me ver.

E Carlos que não chega, e sono que não vem, e casa que não fica pronta!? Vou dormir.
____________________________________________________________________

P.S.: Hoje de manhã Maria me ligou para avisar sobre o falecimento do filhote de Sabiá. Muito triste, me avisou que o enterro será logo mais, no pequeno bosque do residencial Lago Azul. Em 04/12/2009.


9 comentários:

Anônimo disse...

kkkkkkk Maria do Tanto é uma figura.

E como vais fazer para cumprir a promessa?

W

Lucia Tupiassu disse...

Ainda bem que tu deixaste... Ao menos assim o pobre pássaro teve um último dia de vida bem cuidado, hehehe.
Mas cobra dela o texto, Tanto. Uma imaginação dessas tem que ser estimulada. =P
Bjs

Anônimo disse...

Poxa, que pena que o filhote faleceu! A Maria deve estar triste, tadinha!

Eu tb costumava enterrar meus bichos!

A Maria eh cheia de bons argumentos, isso sim... Uma menina super esperta!

Luana.

Anônimo disse...

é dos pássaros que morrem, mesmo os mais filhotinhos, que os anjos tiram as penas para suas asas. assim, alados, eles podem voar céleres e leves para proteger atodos, principalmente às criancinhas.
quando uma criança enterra um pássaro, mesmo o mais tenro, ganha de presente um anjinho da guarda coma asas da core das penas daquele pássaro. por isso - e muita gente não sabe disso -, qque os anjos são coloridos, e não brancos como pintados nas igrejas.
tanto, diz à maria que foi-se o pássaro, mas ela sempre sentirá no rosto o soprar da asa dos anjos. coloridos anjos.
bj pra vc e pra maria.
mm

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei o seu blog!


-

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

Tanto disse...

Obrigado pelo carinho de sempre, os que já conhecem e os que acabam de conhecer. Voltem sempre e prometo meu melhor.

Lúcia, vou cobrar a promessa sim, a livro ilustrado vai sair. Neste domingo mesmo vou comprar o material que ela me pediu.

A Maria do Tanto é cheia de argumentos!

celita disse...

Oi Tanto,que pena ... tantos planos... Meu filho Alex também costumava adotar animais. Um dia, chegou a levar um filhote de urubu doente prá cuidar no quarto dele, escondido de mim, temia que eu brigasse com ele, mas no fundo, eu também ficava penalizada com a história, que nem sempre tinha um final feliz, a exemplo do urubu que não resistiu e morreu. Beijão!!!

Tanto disse...

Celita,

Infelizmente também não tivemos um final feliz com o nosso pássaro, mas a lição ficou. Ela cuidou bem dele e teve vontade de cuidar, se preocupou com um bicho fraco e já quase sem vida. Só isso já é muito. Teu filho foi bem corajoso: um filhote de urubu não é para qualquer um! Beijos.