sexta-feira, 19 de março de 2010

O Corvo, o Camelo e suas manias


Ontem assisti, acho que pela nona vez, "A felicidade não se compra" (It’s a wonderful life, 1946), de Frank Capra, com James Stewart e Donna Reed.

A mania de Capra, evidente em muitas cenas deste filme, é Jimmy, o Corvo, o pássaro em cima da mesa de Thomas Mitchell (o tio William Bailey) e que apareceu em todos os filmes do diretor desde "Do Mundo Nada se Leva" (You Can't Take It With You, 1938).

Outro diretor de quem gosto, e que usou e não abusou de suas manias, foi Hitchcock. Ele adorava aparecer em seus filmes, prática conhecida como cameo (ou camelo, em português). Geralmente eram breves aparições em situações comuns, sem diálogos ou muita interação, quase sempre no início dos filmes para não desviar o público do enredo principal.

Segue a lista (fonte - wikipédia):

Rear Window (br. Janela Indiscreta) – aparece dentro do apartamento do pianista; Psycho (br. Psicose) – passa a frente do escritório de Marion trabalho com chapéu de cowboy; Torn Courtain (br. Cortina Rasgada) – aparece logo aos oito minutos segurando um bebê no hall do hotel em que os protagonistas se hospedam; Frenzy (br. Frenesi) – aparece no início do filme, no meio da multidão que está às margens do rio quando um corpo da vítima aparece boiando; Suspicion (br. Suspeita) – aparece enviando uma carta no posto dos correios da cidade; Shadow of a Doubt (br. A Sombra de uma Dúvida) – aparece num trem, jogando cartas com um homem e uma mulher; Spellbound (br. Quando Fala o Coração) – sai do elevador do Empire Hotel carregando uma maleta de violino e fumando um cigarro; Blackmail (br. Chantagem e Confissão) – aparece em cena como um passageiro no metrô que é importunado por um garoto; Family Plot (br. Intriga em Família) – aparece o seu perfil por trás do vidro de uma porta como se estivesse a falar para outra pessoa e a gesticular; Dial M for Murder (br. Disque M Para Matar) – aparece no canto inferior esquerdo de uma fotografia pendurada na parede da sala; The birds (br. Os Pássaros) – aparece passeando pela calçada do lado de fora da loja de animais;
Lifeboat (br. Um Barco e Nove Destinos) – inicialmente, o diretor teve a ideia de aparecer como um corpo boiando próximo ao barco. Porém, entusiasmado com seu sucesso na tentativa de perder peso, Hitchcock decidiu aparecer posando para fotos "Antes & Depois" a respeito de um remédio para emagrecimento chamado "Reduco", mostrado num jornal durante o filme;
Rope (br. Festim Diabólico) – aparece duas vezes. Logo no início, aparece atravessando a rua. Mais tarde, uma caricatura de Hitchcock aparece num neon que reflete na janela do apartamento dos assassinos, em Nova York. Esta é uma referência à aparição feita em Lifeboat, onde se lê "Reduco", como na aparição feita quatro anos antes; Notorius (br. Interlúdio) – aparece após aproximadamente uma hora de filme em uma festa realizada na mansão de Alexander Sebastian; Vertigo (br. Um Corpo Que Cai) – aparece aos exatos onze minutos de filme, caminhando com um terno em frente ao estaleiro de Gavin Elster; Strangers in a Train (br. Pacto Sinistro) – aparece aos 5 minutos de filme, embarcando no trem com um contrabaixo;
Foreign Correspondent (br. Correspondente Estrangeiro) – aparece aos 12 minutos de filme, lendo um jornal e usando um chapéu; Rebecca (br. Rebecca, A Mulher Inesquecível) – aparece aos 126 minutos de filme, na rua, perto de uma cabine telefônica; The Lady Vanishes (br. A Dama Oculta) – aparece quase ao final da Victoria Station, fumando um cigarro; North by northwest (br. Intriga Internacional) – aparece logo no começo do filme correndo para pegar o ônibus; Topazio (br.Topázio) – aparece na estação de trem, numa cadeira de rodas, depois se levanta para cumprimentar um homem.

6 comentários:

Marco Antonyo disse...

O blog ficou muito melhor sem aquele fundo verde.
Tah lindo agora!
parabéns pelo novo visu

Anônimo disse...

aêêê, gostaram do novou ' leiauti' .

Otimo post, eu via muito filme antigo qdo adolescente por conta de minha mãe e quando sai de casa acabei perdendo mais a oportunidade... legal relebrar algumas curiosidades.

Bom fds mon ami...

W

Tanto disse...

Marco, querido ausente. Obrigado pelo elogio! Sinto falta das tuas visitas e das tuas atualizações.

W, vejo A Felicidade Não Se Compra todo o natal. É meu filme favorito!

Thiago disse...

Nunca vi a Felicidade não se compra... sempre tive curiosidade

Quanto aos filmes do Hitchcock, sempre procuro encontra-lo quando vou ver algum filme dele... já tive minha época de alugar somente filmes do Hitchcock na FOX

bons tempos pré-piratex... =P

Luana Leide disse...

Manias, manias...

Cada um com a sua...
Mas, sabe, diretores de cinema são figuras curiosas. Alguns são geniais e talvez por isso acho justíssimo que sejam diretores, pra amenizar a quantidade estupenda de besteira que a gente vê nos filmes.

Falei, falei e não disse nada. Na verdade, esqueci. Ia dizer que diretores têm mania de ser atores encubados... Depois desse post, acho que nem precisa fundamentar! hahaha

Kisses kisses

Tanto disse...

Eu adoro as aparições do Hitchcock, e fico atento aos filmes, sempre esperando vê-lo em algum canto! A nova deste final de semana foi o Corvo do Capra. Agora vou ter de ver os demais filmes dele para procurar o Jimmy