terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Paris 7 - O dia mais esperado

Paris, 25 de janeiro de 2011
Ela ficou desolada quando recebeu a notícia, mas meio que se consolou: "Filha! Se você nasceu à 22 horas do dia 25 de janeiro, e se aplicarmos o fuso horário francês neste horário (mais cinco horas), teremos que seu aniversário só chegará realmente no dia 26 de janeiro, por volta de duas da manhã. Assim sendo, nada de festas no dia 25! Se conforme e espere o 26!". Obviamente meus pais confirmaram a brincadeira e ela, pensativa diante da nossa seriedade, ficou calada. Pelas costas da pequena nós ríamos o riso dos adultos espertalhões e trocávamos olhares cheios de piscada. Finalmente, depois de um tempo, resolvi desmentir a farsa e confirmar que as comemorações seriam no dia mesmo. Ela escrevia no seu caderninho textos para o blog da Tantinha, e sentei do lado, ainda com ares de adulto espertalhão: "Filha... É brincadeira do papai. Claro que seu aniversário será amanhã e ..." no que fui interrompido "Eu sei disso. Já conheço suas brincadeiras, né papai?". Um pouco balançado, ainda tentei contra-argumentar: "Mas você quase acreditou, tenho certeza", no que fui interrompido novamente, desta vez de forma devastadora "O que seria de suas brincadeiras, papai, se eu não fingir que acredito?". E o adulto espertalhão, calado e derrotado pela filha que achava estar enganando, conformado veio registrar sua decadência. Deixando isso de lado, hoje haverá festa sim! Ainda não sabemos onde, mas assim que souber eu aviso. Por conta da comemoração nós, juntamente com Luanda e seus colegas de curso, devemos jantar em uma pizzaria perto da Torre. Haverá também, antes, compra de presentes, subida na Torre (com direito a patinação no ring de gelo no primeiro andar) e visita ao Palácio das Descobertas, um simpático e maravilhoso museu, quase desconhecido,  dedicado às crianças e à ciência que eu frequentava muito quando estudei aqui. De noite posto sobre os presentes e comemorações e tento postar fotos!

4 comentários:

Anônimo disse...

Bem...estou desolada pois é o primeiro aniversário dela que passo longe...então, sinceramente, estou sem saber o que fazer. POrtanto, por favor, posta foto da minha pequerrucha, tudo bem???

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Maria é o máximo... de fato, o que seria das tuas brincadeiras se nao fosse Maria, os amigos, bla bla bla.

Me conta o resultado do que me falastes no e-mail... ou lerei por aqui depois. Fique bem sempre amigo...saudades.
W

andrea disse...

Primo amado, mande milhões de beijos pra Maria, diga a ela que o Vitor manda um Feliz Aniversário e que o presente dela esta guardado aqui em casa!!! Aproveitem muito a viagem!
Beijos Andréa e Vitor

Ida Lenir disse...

E aí, como foi a festança ao lado, dentro e fora da Torre? Que maravilhoso você proporcionar uma experiência dessas pra tua filhota e, ainda por cima, estar ao lado dela. São momentos inesquecíveis, que mostram como a vida vale a pena. Bom passeio