domingo, 23 de janeiro de 2011

Paris 1 - Chegada

A chegada foi conturbada: eu, que chegava de TAM por Charles de Gaulle, quase acreditei no extravio de minha mala e amarguei longa espera que me atrasou bons minutos. Por fim, com quase 40 minutos de atraso por conta da mala, consegui pegar o ônibus que me levaria ao aeroporto de Orly para buscar os demais, que viriam pela TAP. Trajeto feito rapidamente em um trânsito surpreendentemente bom, encontrei meus pais e minha filha desolados: lá sim houve um extravio, pobre mala de minha mãe que se perdeu pelo caminho e a deixou na situação desconfortável dos que têm pouca roupa em um inverno rígido. Procedimentos de praxe feitos, pegamos um taxi e zarpamos chez nous - um simpático apartamento que alugamos no Marais, rue Amelot, uma rua pequena e cheia de restaurante bem ao lado do Boulevard Beaumarcher. O apartamento é maravilhoso: todo equipado, bem decorado e charmosíssimo. Na frente do prédio tem uma badalada boite (descobri mais tarde) e, ao lado, um Shopi, supermercado cheio das gostosuras francesas que já abastecem a geladeira. Essa é a melhor forma de aproveitar Paris nestes quase 15 dias: vivendo como os parisienses.

2 comentários:

Luiza Duarte Leão disse...

Ah, Fernando, não tive mala extraviada, mas, em outubro, fiz o trajeto Paris/Brasília de TAP e só pude concluir que há algo de errado com esses Portugueses...

Anônimo disse...

Ah, bens sabes que a TAP deixou minha mala e Fortal. Problema foi descobrir isso em Lisboa rs.Bom, já tens duas ações para agilizar quando aqui chegar rs

W